Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Acerca da sensibilidade quase-surpresa do mestre

por Tiago, em 20.02.15

Associo muitas vezes a imagem de Bob Dylan a um poeta irascível e ácido, cujas músicas servem de veículo a uma mensagem política, um cabide para as imagens e ideias do autor. No entanto, um dos discos que mais me agrada é o "Blood on the Tracks" onde se incluem duas músicas que contrariam essa sensação e, de algum modo, humanizam aos meus olhos o profeta meio eremita que é Bob Dylan: Shelter From The Storm e, principalmente, If You See Her Say Hello. É uma música de desencontro e esperança na redenção especialmente bem escrita; vale a pena ler o poema ainda que não se goste da música. 

I see a lot of people as I make the rounds
And I hear her name here and there as I go from town to town
And I've never gotten used to it I've just learned to turn it off
Either I'm too sensitive or else I'm getting soft.

10 comentários

  • Imagem de perfil

    De Tiago a 22.02.2015 às 10:56

    Por acaso os últimos 4 versos parecem-me mais de resignação; dá impressão que abdica de ter uma voz activa e deixa tudo nas mãos do "mensageiro", da moça e, em última análise, do Destino.
    Mas também pode ser uma metáfora qualquer para outra coisa e não ser nada disto xD
  • Imagem de perfil

    De Honey Jade a 28.02.2015 às 23:50

    Do Destino? E acreditas mesmo nisso (no Destino) ou é só para efeitos de embelezamento da interpretação? xD
  • Imagem de perfil

    De Tiago a 01.03.2015 às 13:10

    Não acredito especialmente mas é um conceito interessante que pode ser usado para veicular uma mensagem ou para como tu dizes "embelezar a interpretação" xD
  • Imagem de perfil

    De Honey Jade a 04.03.2015 às 23:38

    “Não acredito especialmente” para mim isso é igual a “Epá eu até acredito mas não posso dizer que isso fica mal num gajo!” :P Agora falando a sério, acreditando ou não, é um conceito mesmo interessante mas antes pelas consequências que a sua existência poderia acarretar. É uma boa palavra para se pensar, embora pensar seja por vezes chato.
  • Imagem de perfil

    De Tiago a 05.03.2015 às 18:25

    Ahah fica mal num gajo...então queres ver que agora já não posso ir à minha sessão semanal de espiritismo e leitura dos búzios xD
    Fora de brincadeiras, e pensando a um nível quase atómico, o Destino parece estar codificado em equações matemáticas +/- determínisticas que definem todo o Passado, Presente e Futuro; no entanto e como isso reduziria as nossas escolhas a pó, prefiro pensar que existe um qualquer grau de liberdade adicional e que por isso não acredito no Destino completamente definido à partida (embora isso fosse um conceito simultaneamente romântico e paradoxalmente libertador porque tirava todo o peso às minhas acções).
    [Vou ao youtube ver umas conferências de imprensa do Jorge Jesus para cortar um bocadinho a presumível intelectualidade deste comentário xD]
  • Imagem de perfil

    De Honey Jade a 11.03.2015 às 23:15

    Ora nem mais! Quero acreditar que essa intelectualidade toda veio da tua cabeça (embora ache que o “nosso amigo” Google deu uma ajudinha).
    O Grande Jesus, um grande homem, um gigante da língua portuguesa! Mas há que ser realista, até é um bom treinador.
  • Imagem de perfil

    De Tiago a 12.03.2015 às 22:16

    Chamar-lhe "bom treinador" é o understatement (detesto usar expressões em inglês mas não me ocorre nada em português) do ano e ainda vamos em Março xD
  • Imagem de perfil

    De Honey Jade a 17.03.2015 às 12:22

    "bom treinador" é um "understatement"? não sei não, mas o Benfica vai ser campeão este ano. Isso já deve chegar :)
  • Imagem de perfil

    De Tiago a 17.03.2015 às 21:21

    Eh lá isso é que é confiança!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Links

    Blogs