Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Acerca da ligação directa entre o Arcebispado e a Grande Maçã

por Tiago, em 02.07.15

É um lugar comum mas realmente as canções de António Variações continuam actuais hoje em dia, muito em especial, pelo menos para mim, aquelas que reflectem sobre o corrupio da vida diária ou sobre a perplexidade e angústia perante momentos de decisão. 

No fundo são músicas onde "Não sei" é a expressão de ordem ou, no meu caso específico, "Não sei, fodasse!"; por exemplo, a música Erva Daninha a Alastrar é trespassada por esta sensação suprema de impaciência e exasperação com questões para as quais não se encontra uma resposta satisfatória.

 Porque eu não sei se me quero polir

Também não sei se me quero limar

Também não sei se quero fugir 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Links

Blogs