Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Zanadu!

Crónicas de Timbuktu, Trevim e Lisboa (nos melhores dias)

Acerca da essência de ser inglês

por Tiago, em 04.02.13

Sendo português, tendo a identificar-me pouco com algumas das características que são geralmente apontadas como tipicamente portuguesas nomeadamente o amor doentio pela saudade e o facilitismo (ou facilidades?) que percorre transversalmente toda a sociedade, seja no trabalho, negócios, ensino e tudo mais.

Na preparação do Dark Side of the Moon, Roger Waters entrevistou várias pessoas acerca de coisas como comida preferida, último episódio de violência, cor favorita, etc. Sempre de modo a perseguir as questões fundamentais abordadas nas letras do álbum: dinheiro, loucura, isolamento, morte.

As melhores respostas, podem-se ouvir em Breathe e Eclipse e são da autoria do porteiro dos estúdios de Abbey Road que, curiosamente, era irlandês. Destaca-se a frase que encerra o álbum: There’s no dark side of the moon really. As a matter of fact it’s all dark. Este pessimismo anteriano (expressão curiosa que ouvi uma vez a Pedro Mexia no Governo Sombra) sempre foi algo que associei aos ingleses. Sempre cépticos (União Europeia o que é isso?), sempre pragmáticos, sempre derrotistas.

Também em Time, transparece uma sensação de cansaço, resignação e desistência. Em particular, o verso Hanging on in quiet desperation is the English way revela também o estoicismo e resume a calma como encaram a velhice, o fim da vida e a sensação de falhanço com que se faz a sua retrospectiva. Talvez tenha uma costela britânica afinal.

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Links

Blogs